Slender Man: Terror para Teens

SINOPSE: As amigas Wren, Hallie, Chloe e Katie levam uma vida entediante no colégio. Quando ouvem falar em um monstro chamado Slender Man, elas decidem invocá-lo por meio de um vídeo na Internet. A brincadeira se transforma em um perigo real quando todas começam a ter pesadelos e visões do homem sem rosto, com vários braços, capaz de fazer as suas vítimas alucinarem. Um dia, Katie desaparece sem deixar pistas, cabendo às três amigas fazerem a sua própria busca, enfrentando a criatura.

slenderman_01

A lenda do Slender Man nasceu em fóruns da internet, virou um dos jogos de terror mais famosos de sua época e, agora, finalmente foi das creepypastas às telonas. Estreou no Brasil, na última quinta-feira (23/08), o filme baseado nessa “lenda urbana moderna”, de um homem sem rosto e esguio que se movimenta entre as árvores, perseguindo silenciosamente crianças até que consiga desaparecer com elas floresta à dentro… Seus motivos? Sua origem? Como pará-lo? Ninguém sabe ao certo, mas a internet não se cansa de tentar dar novos significados e rumos para o mito.

Pra ser sincera, sempre achei a história do Slender Man bem bosta, digo, bem fraca. Há tantas outras creepypastas mais criativas e aterrorizantes para servirem de inspiração para jogos e filmes… Isso rende até assunto pra outro post. Mas a boa notícia é, que ao esperar quase nada do filme, fui surpreendida por um terror adolescente até que bacaninha. Como as vítimas do Homem Esguio são crianças, a história do filme gira em torno de um grupo de amigas que, em uma festa do pijama tediosa, resolvem invocar o Slender Man por meio de um vídeo de um site bizarro. E claro que nada de bom acontece depois de uma burrice dessas, né?

slenderman_02

No começo, as garotas não parecem dar muita importância para o acontecimento – é só quando os pesadelos com a criatura começam a assombrá-las que elas sentem que algo está errado, mas já é tarde demais – Katie, uma delas, é seduzida pela criatura e desaparece misteriosamente. As amigas, investigando seu desaparecimento, descobrem alguns rastros que Katie deixou sobre a criatura, e então o pesadelo sem rosto começa a se misturar cada vez mais à realidade das garotas.

Para quem é fã de Slender Man, a decepção é certa: o filme é raso, o próprio Slender quase não aparece, as atrizes até convencem no papel de adolescentes bobocas, mas não há nada excepcional em suas atuações. Mas devo admitir que até curti a forma como eles abordaram esse novo formato moderno de compartilhar histórias de terror, e como tentaram rastrear as origens do Homem Esguio – sério, achei convincente alguns resultados das “investigações-mirins”, haha! Mas, infelizmente, as partes positivas não vão muito além disso, e toda a falta de cuidado no roteiro torna toda a situação ainda mais impossível e risível. Os pais quase nunca estão presentes e deixam seus filhos andarem sozinhos de noite pela rua sem nenhuma preocupação, mesmo depois de Katie sumir. E também achei uma pena alguns detalhes importantes sobre o Slender não terem sido mencionados. Perderam oportunidades de aproveitar algo tão hypado.

slenderman_03

Mas, para quem busca um terrorzinho sessão da tarde pra assistir enquanto faz alguma coisa mais importante, Slender Man: O Pesadelo sem Rosto pode ser a escolha certa! O segredo é não esperar muito além do que o filme pode oferecer e se divertir com o que temos pra hoje.

E, cá entre nós, até que levei uns sustinhos! 😉

Nerd: Evelyn Trippo

I just have a lot of feelings, e urgência em expressá-los. Aspirante à escritora e estudante deslumbrada de Letras - Tradução. Pára-raio de nerds, exploradora de prateleiras em sebos e uma orgulhosa crazy pet lady.

Share This Post On