Querido Menino aborda “tema” pesado com delicadeza

Querido Menino é um drama com alma de filme independente e tem tudo que a Academia gosta: tem uma história contundente, é baseado em um livro de sucesso, tem um grande elenco e grandes momentos.

Menino4Os envolvidos no filme bem que tentaram: fizeram campanha para o Oscar e o filme até conseguiu uma merecida indicação ao Globo de Ouro de Ator Coadjuvante para Timothée Chalamet, mas o filme passou despercebido no Oscar.

O que é uma pena, já que muitos usam a temporada de premiações para assistir aos indicados e quando um filme fica fora, o interesse por parte do público diminui, embora isso não defina qualidade do filme.

Sendo assim, Querido Menino, baseado no livro de David Sheff (personagem de Steve Carell) é um grande filme, merecia melhor sorte no Oscar e tem um saldo melhor do que muitos indicados.

O filme conta a história de Nic (Timothée) um jovem educado e com uma vida confortável com o pai, David e sua madrasta, Karen (Maura Tierney, sempre ótima!), já que seus pais são separados.Menino5

Mas Nic começa a utilizar metanfetanima e passa a ser dependente da droga, frequentando clínicas de reabilitação e fugindo de casa.

Apesar de David ser o personagem principal e o filem apresentar seu ponto de vista, o foco da história está em Nic. Todos os atores estão excelentes, como Steve Carell, que só evolui a cada filme e Maura, que tem uma relação quase que materna com Nic e se vê no meio deste fogo cruzado.

Menino1Mas o show aqui é de Timothée, que tem tudo para ser dos grandes atores de sua geração, já havia mostrado seu talento em Me Chame Pelo Seu Nome, mas aqui ele claramente evoluiu como ator.

De jovem normal a dependente químico e impotente no mundo, sem ser caricato, é algo que poucos atores fariam.

Ele merecia uma vaga na categoria de Ator Coadjuvante.

Não é fácil fazer um filme com a temática sobre as drogas – e ainda mais com o foco na família. Aos Treze, de 2003, fez isso com muito sucesso e este aqui também, onde inverte a relação de mãe e filha e temos aqui de pai e filho.

David tem que lidar com seus problemas profissionais, com sua ex-esposa e ainda com seu filho. Ele ama seu filho e sabe que precisa de ajuda, mas também sabe que não pode dar tudo de mão beijada. Já o filho lida com uma substância que vai além de sua capacidade mental, com a pressão da adolescência e ainda com seus hormônios.Menino3

A cena em que Nic leva sua namorada para casa escondido, resultando em uma fuga espetacular é o ponto alto do filme, além de uma conversa entre pai e filho no restaurante.

Querido Menino pode não ser brilhante e muito menos o filme definitivo sobre o tema, mas merece ser visto por pais e filhos, apesar do tema explosivo e de alguns momentos.

É cedo para dizer se fará sucesso comercial, mas pode ser um perfeito programa para as plataformas streaming.

4 vidas

 

 

Nerd: Raphael Brito

Share This Post On