O que esperar de uma Campus Party?

Uma vez por ano acontece a Campus Party, este que hoje é considerado o maior evento de tecnologia e tem a fama de reunir “grandes mentes”. Mas o que esperar desse evento?

Se você gosta de tecnologia e tem muitas ideias de como mudar o mundo ou fazer algo além do que se considera normal, com certeza você deveria participar. Existem muitas ideias, coisas acontecendo e sendo construídas. Você pode se socializar com gente do Brasil inteiro e encontrar pessoas que estejam dispostas a ajudar ou acrescentar algo  à sua ideia ou projeto, mas acima de tudo, você aprende e descobre que o mundo é grande e isso pode ser algo bom (ou ruim).

Na campus (chamada assim pelos “íntimos”), você sempre estará conectado e vendo muitas coisas acontecerem ao mesmo tempo. Se você não se acostumar com a ideia de ficar sem dormir para adquirir conhecimento, e que todo esse conhecimento vale a pena não importa qual seja a área, realmente você sentirá um pouco perdido. Muitas pessoas acham que lá é um evento voltado apenas para tecnologia, mas pense bem, o que hoje não tem tecnologia? Qual área não depende ou acrescenta algo para a mesma?

Você vai encontrar não apenas uma grande diversidade de ideias, mas uma diversidade maior ainda de áreas para se trabalhar, empreender ou contribuir. A campus acaba parecendo estranha aos olhos de quem vê de longe ou apenas se contenta assistindo notícias na tv, falando o quanto ser NERD está em alta.

Realmente existem muitas histórias de roubos, pessoas estranhas e algumas calamidades que acontecem lá dentro. Algumas são lendas urbanas, outras apenas pequenos incidentes, porém o mais importante é a opinião de quem esteve lá. E sendo assim são poucos que falam algo de ruim, a maioria adora o evento por se sentir como parte de algo, onde não será chamado de estranho, pessoas irão escutar suas ideias e pela primeira vez,  irão contribuir para que ela aconteça.

Então o que esperar da campus party? Essa pergunta pode gerar mais dúvidas do que uma resposta concreta, mas posso falar sobre o que eu espero: encontrar amigos de outras cidades e estados do Brasil, boas conversas e discussões e principalmente sair de lá com ideias e projetos, muitos inclusive começados ou concluídos lá dentro.

Me desculpe se esse texto talvez tenha deixado mais dúvidas do que perguntas, mas realmente para saber o que se passa lá dentro, precisamos nos encontrar por lá algum dia :D .

12273584863_baefe311bf_h

Nerd: Richard Brochini

Richard Brochini, 31 anos, trabalha há 13 anos com desenvolvimento de projetos para TI. Cientista maluco, dronemaker e gamer :D Para entrar em contato: http://richard.brochini.com/

Share This Post On