Um Lugar Silencioso: Vale a Pena? – Da Porta do Cinema

Fala Khalasar! Beleza?

Nós perdemos a cabine de “Um Lugar Silencioso” e por isso, a equipe toda do site ficou curiosa com esse filme que está tão bem cotado e falado. Sendo assim, resolvemos nos reunir e ir todos assistir ao filme de John Krasinski (onde ele também atua, e muito bem, diga-se de passagem), com Emily Blunt no elenco.

Sem querer estragar a surpresa pra ninguém, resolvi fazer um post e um vídeo diferente: apenas com algumas pequenas impressões da equipe, logo após sair da sala do cinema e assim te deixar curioso pra ir conferir a obra no cinema (então corre, antes que saia de cartaz).

Beatriz “Triz” Napoli: “Todo mundo sabe que eu odeio filme de terror. Me encolhi na cadeira em muitos momentos. O suspense é demais, muito bem dosado.

Carlos “Khal”: “O filme foi BEM melhor do que eu estava esperando. Ele é TUDO o que SINAIS um dia quis ser. A história é muito bem construída. Eu vou parar aqui porque senão eu vou começar a falar mal do Shaymalan. Ah, e tem participação do Michael Bay. Vocês irão achar a participação do Michael Bay. Tem uma participação dele.”

Matheus Farina: “Filmaço de te prender na ponta da cadeira do começo ao fim e fazer segurar a respiração a cada segundo. Uma porção de jump scare mas não é um filme pra te dar medo. Vale muito a pena você ver no cinema!”

Guilherme Vares: “Teve bastante suspense. Algumas pessoas (de críticas posteriores) acharam que era mais terror mas pra mim foi muito mais suspense. Muito mais a aflição, de se sentir envolvido na aflição: como que eles vão sair dessa? Como eles vão ficar vivos?”

Evelyn Trippo: “O filme é sensacional. Um puta suspense e eu acho que a experiência de assistir no cinema é muito melhor e completa o que o filme quer te passar.”

Richard Brochini: “Eu amo filme de terror e Emily Blunt foda pra caramba! Concordo com o Carlos, tudo o que Sinais quis ser. Melhor filme de todos. Muito bom, vale a pena ver.”

Raphael Brito: “Um jeito muito diferente de fazer suspense / terror. Excelente uso do som, merece até ir para as premiações na categoria de mixagem de som.

René Assis: “É um baita suspense. Por incrível que pareça, o cinema não dá um pio. Até o cinema fica em silêncio de tão silencioso que é o filme.”

Nath Lossolli: “Ele não é totalmente silencioso. É maravilhoso. Tudo o que eu senti em Split (Fragmentado), eu senti de novo com esse filme.”

 

Nerd: Carlos AVE César

EXAGERADO! Jogado aos seu pés, eu sou MESMO EXAGERADO! Filho único, egoísta, mimado e mal-humorado. Produtor de Eventos, Engenheiro de QA e butequeiro! Buscando CONHECIMENTO, com cachorro-quente e guaraná. Também sou a personificação da Vingança! Twitter: @ONovoNerd Facebook: http://www.facebook.com/carloscesarcarvalho

Share This Post On