Top 10 Músicas de Anime

 

Sempre adorei música e já escrevi muitas resenhas de álbuns e coisas parecidas, mas quando pensei em escrever sobre este assunto para o Novo Nerd eu pensei que talvez fosse melhor trazer a ideia mais próxima ao público alvo. Depois de muito matutar pensei, por que não músicas de anime? Todo mundo gosta de pelo menos um ou dois!

Todos os animes da lista são obras que eu assisti (nem que seja um pouquinho), portanto, se uma música maravilhosa do seu anime favorito que nunca passou no Brasil ficou de fora, provavelmente é porque eu não assisti (ou talvez porque a música não seja assim tão boa).

Outro adendo, coloquei nesta lista tanto músicas originais japonesas quanto versões brasileiras, discrimino pra ficar mais fácil.
10 – Ichirin no Hana – Bleach (3ª Abertura japonesa)

Interprete: Hight and Mighty Color

Bleach é um anime interessante…. Nada, é uma merda mesmo! Comecei a ler o mangá quando lançou no Brasil e achei que a premissa era interessante. Continuei lendo, vi um pouco do anime e a coisa simplesmente não anda! Continuo insistindo por alguma deficiência mental séria que devo ter… Mas de qualquer forma, as músicas de abertura da série costumam ser boas e a melhor delas é a da 3ª temporada (que é uma das melhores do anime… se isso significa alguma coisa), realmente me surpreendi com ela. Abaixo a versão original:

 

09 – Dare mo Shiranai Chizu – Bucky (Abertura Brasileira)

Interprete: Infelizmente não consegui encontrar quem canta a versão brasileira

Esse anime meio obscuro passou aqui no Brasil no extinto Band Kids. Confesso que gostava bastante, era rápido, tinha uma história interessante (apesar de non sense), mas realmente nunca revi, então não sei quanto disso é devaneio adolescente… Sei que existe um mangá, mas como nunca veio pro Brasil eu nunca nem bati o olho nele. Mas a música de abertura é uma pequena pérola. Aqui estou falando da versão brasileira:

 

 

08 – I’m a pioneer – Tenchi Muyo OVA (Abertura americana)

Interprete: Sharyn Scott

Bem, finalmente um anime que gosto muito. Tenchi Muyo passou também no velho Band Kids e era a melhor coisa por lá que não tinha saiyajins! Na verdade passaram no Brasil três séries diferentes com os mesmo personagens, cada uma em uma realidade alternativa. Tenchi in Tokyo era uma bela porcaria, mas Tenchi Universe e o OVA (que passou só uma vez) eram realmente de altíssima qualidade! A dublagem brasileira é excelente, mas o mesmo não pode ser dito da dublagem das músicas, que ficou realmente desafinada (e vale a curiosidade de que ninguém percebeu que trocaram as aberturas de Tenchi in Tokyo e Tenchi Universe). Acontece que a trilha japonesa não é lá essas coisas também, então o que está fazendo aqui? Olha que engraçado, a versão americana de I’m a pioneer é incrível! Sério, música pop de alta qualidade! Então ela é a escolhida:

 

 

07 – Change the World – Inuyasha (1ª abertura brasileira)

Interprete: Fernando Janson

Lembro quando começou a passar Inuyasha na Globo. Fiquei absurdamente feliz e viciei como se não houvesse amanhã! Até que a Globo cortou o desenho para passar um segundo episódio de Três Espiãs Demais…. caramba, que triste isso… vamos esquecer e falar das músicas da série. A maioria das aberturas e encerramentos são excelentes, mas nenhuma barra a abertura original, que é muito marcante. A versão original é lindíssima, mas a versão em português ficou tão digna que vale a pena escolhê-la!

 

 

06 – Pure Stone – Zilion (abertura japonesa)

Interprete: Risa Yuuki

Zilion foi um anime que fez sucesso aqui antes da febre de Cavaleiros do Zodíaco, uma produção da Tatsunoko (tem um jogo de luta pra Wii, Tatsunoko vs Capcom que é excelente, caso vocês não conheçam, fica a dica), o anime nunca realmente teve um final, o que é uma pena, pois a série é muito boa. Os fãs inclusive esperam ansiosos que esse final venha um dia… receberão Shemmue 3 antes… A abertura é muito marcante, uma das minhas favoritas. A versão é a original, mesmo porque não existe versão brasileira, por aqui a abertura passava apenas com o instrumental da música, vai entender…

 

05 – We Are – One Piece (1ª abertura japonesa)

Interprete: Hiroshi Kitadani

Tenho uma história com One Piece…. ai ai… Comecei a comprar o mangá quando a finada Conrad publicou, lá em 2000, 2001. Comprei até o último volume lançado em, sei lá, 2007. Depois disso me recusei a baixar scans, havia comprado 70 gibis, não iria agora começar a baixar de graça… Me recusei a ver o anime também, queria ler o mangá. Xinguei muito a Conrad no twitter e – eventualmente – a Panini voltou com a publicação da revista e eu acompanho todo feliz até hoje! E não, nunca li os scans, portanto SEM SPOILERS nos comentários, ok?

Acabei vendo o começo do anime, que é bem inferior ao começo do mangá, mas a música de abertura é sensacional, digna de um dos melhores mangás de todos os tempos! A versão brasileira é meio caída, então a original é a que vamos ouvir!

 

 

04 – Tank! – Cowboy Bebop (Abertura)

Interprete: The Seatbelts

Cowboy Bebop é o anime preferido de muita gente, realmente é muito interessante e diferente e tem uma trilha sonora incrível! Destaco aqui a abertura da série, Tank!, um tema instrumental da melhor qualidade, me lembra muito as aberturas das séries de TV nas décadas de 50, 60 e 70.

 

03 – Zankoku na Tenshi no These – Evangelion (Abertura japonesa)

Interprete: Yoko Takahashi

Eva é uma das obras audiovisuais mais incríveis que já assisti. Vi completa duas vezes e das duas tive que repensar muitas coisas na minha vida (e por isso mesmo não revi mais vezes). Depressão braba mesmo! Mas o assunto aqui é a poderosa música de abertura da série, Cruel Angel Thesis é sensacional, tanto que nunca pulei uma abertura do desenho, via sempre e tentava cantar junto… Não, não conseguia, mas tentava! São poucas as aberturas que me causam esse efeito, na verdade só esta e as que falarei abaixo!

 

02 – Músicas de Dragon Ball

Ok, confesso que esta posição é uma apelação e zoa a parada toda, mas se eu fosse considerar estas 3 músicas separadamente eu iria poluir a lista toda com Dragon Ball.

A verdade é que todas as músicas de todas as séries de Dragon Ball são sensacionais, todas, até os encerramentos! E nenhum anime desperta tanta nostalgia em tanta gente quanto Dragon Ball! Falemos de cada uma das três.

 

Dan Dan kokoro Hikareteku – Dragon Ball GT (Abertura japonesa)

Interprete: Field of View

Dragon Ball GT é um lixo fétido. Sério, nada se salva naquela pilha de merda fumegante… Alias, quase nada, a única coisa boa é a música da abertura, Dan dan kokoro é muito, muito bonita. A versão brasileira é honesta, mas longe da energia da original:

 

 

Makafushigi Adventure! – Dragon Ball (Abertura brasileira – SBT)

Interprete: Novamente não consegui descobrir quem canta.

A série original de Dragon Ball é um primor, um misto perfeito de humor, aventura e ação que foi copiada e emulada à exaustão, mas que a bem da verdade nunca foi igualada. Ler este mangá é obrigatório pra qualquer verdadeira fã de HQs. A música de abertura da série é razoável no original mas ganhou uma versão espetacular na primeira dublagem da série por aqui, pela Álamo no SBT, e é esta versão que ouviremos! A versão feita para a Globo é uma bela porcaria.

 

Cha-la Head Cha-la – Dragon Ball Z (1ª Abertura japonesa e brasileira)

Interprete: Hironobu Kageyama / Wendel Bezerra

Por fim temos Dragon Ball Z, provavelmente o anime mais famoso de todos os tempos em todos os lugares e marcou minha adolescência a ferro e fogo! As duas aberturas e os dois encerramentos são incríveis e receberam ótimas adaptações pro português. No entanto escolher uma não foi difícil! Cha-la Head Cha-la é a música que todo mundo pensa quando se fala em anime, é a primeira que vem a mente, é a proto-música de anime e faz jus à primorosa obra do DEUS Akira Toriyama e por isso ouviremos ambas as versões, a japonesa cantada pelo mais famoso cantor de músicas de anime e tokusatsu (lembrem de Changeman), Hinorobu Kageyama e a brasileira cantada pelo dublador do Goku, o talentosíssimo Wendel Bezerra.

 

01 – Sorriso Contagiante – Yuyu Hakusho (Abertura brasileira)

Interprete: Luis Henrique

O que pode ser melhor que Cha-la Head Cha-la? A trilha de Yuyu Hakusho é! Yuyu é um dos grandes animes de ação já feitos e tem a melhor dublagem já feita de qualquer coisa no universo… Sério, a dublagem da versão da extinta Manchete é qualquer coisa sensacional e a adaptação das músicas também! Toda a trilha foi adaptada e todas as versões são melhores que as originais! Mas novamente, mesmo assim não há dúvidas de qual escolher, Sorriso Contagiante é – sem possibilidade de discussão – a melhor versão de uma música de anime já feita no Brasil e ganha com louvores o nosso primeiro lugar!

 

 

Nerd: Arthur Malaspina

Arthur Malaspina é professor de português, nerd irrecuperável e humorista ocasional. Também não consegue se manter longe de discussões, seja na vida real, seja na internet. Tem opinião formada sobre praticamente tudo no mundo... mas não se preocupem, fica mais legal com o tempo. Co-proprietário do blog Han Atirou Primeiro (hanatirouprimeiro.blogspot.com.br). Twitter: @arthurskywalker

Share This Post On