Stephen Gary Wozniak (The WOZ): Uma grande inspiração

Stephen Gary Wozniak -  ou The Woz, seu nickname, é  uma das grandes mentes por trás do estilo de vida digital de hoje. Suas contribuições não apenas ajudaram na revolução do “Personal Computer“, mas serviram de inspiração para toda uma geração de NERDs. Conhecido por códigos criativos e por ser o criador dos primeiros computadores  da Apple, o Apple I e o Apple II, ele foi socio do Steve Jobs e o primeiro CTO (Chief Technology Officer) da Apple, lembrando que na época que ela foi fundada não existia ainda essa posição no mercado. Here-s-Woz-Describing-the-Apple-II-in-1977-2 A ideia desse artigo é falar por que Wozniak foi uma inspiração, não apenas para minha carreira e vida, mas para as de diversas pessoas que estudam e seguem os seus passos. O meu primeiro contato com o trabalho dele não foi com nada da Apple, foi com um dos códigos deles: a ideia era fazer várias cores diferentes através de um monitor de fósforo, aquele monitores grande de tubos. Estava há dias estudando e testando algumas soluções quando achei, em um grupo de IRC, uma pessoa compartilhando a solução que eu precisava e no topo do código-fonte estava uma assinatura: “The WOZ“. Fiquei apaixonado pelo refinamento e robustez dele, achei incrível a solução aplicada. Depois disso,  sempre que via algum coisa programada pelo o “The WOZ“, sentava e estudava, grande parte das coisas em C ou BASIC, e eu tinha em torno de 12 anos nessa época. steve-wozniakAppleII-VELA Uma das maiores dificuldades que tinha quando estava seguindo os passos do Wozniak foi a distância: era muito difícil encontrar material sobre a vida e estudos dele, principalmente porque a maioria das palestras dele eram dadas no exterior e grande parte do conteúdo delas era baixado em NEWsFORUMs e alguns grupos de IRC, não existia Google naqueles tempos e meus downloads eram feitos por internet discada. Apesar de todas as barreiras, consegui ler muito sobre ele, e me identificava cada vez mais com ele e seu estilo NERD. Wozniak, era viciado em fast-food - muitos livros falando sobre a criação da Apple falam sobre a mesa do café estar cheia de sacos de hamburgers e copos de refrigerantes. Ele sempre preferia trabalhar nas madrugadas e ficava horas em fliperamas durante o dia e,  para finalizar, todos falam que ele era conhecido como o “Mestre das Pegadinhas”. Quando a Apple se tornou uma empresa, existem relatos sobre ele ensinar as pessoas a fazer várias pegadinhas, uma em especial que ele mais gostava era a do “Rato no Saco de Hamburger”. Funcionava assim: ele pegava um saco de hamburger e colocava no lugar da toca do rato, depois soltava o rato assustado, que entrava no saco e começava a correr para varias direções, movendo assim o saco por algumas horas pelo o escritório até ele bater em uma parede ou alguma coisa. Tenho que confessar que foram anos admirando uma pessoa que poucos amigos meus conheciam ou tinham interesse, mas enfim, naquela época ser NERD era algo solitário. Mas Steve Jobs e Steve Wozniak também falaram varias vezes que eram solitários na adolescência. Antes de criarem a empresa, eles trabalharam e tentaram fazer outras coisas juntos, e nunca imaginaram o que a Apple se tornaria. Wozniak, só queria um lugar onde ele pudesse criar e construir suas ideias, diferente de Jobs,  que tinha um ego muito maior e queria mudar a cabeça das pessoas. No livro IWoz, escrito pelo próprio Wozniak, ele conta um pouco de como foi sua saída e a desilusão do que a Apple estava se tornando, falando sobre sobre as brigas e problemas que teve com o próprio Jobs. Após esse momento da sua vida, ele se tornou um dos grandes queridinhos de Hollywood, sempre aparecendo em festas e se tornando amigo de algumas celebridades, até apareceu em um episódio da nossa série GEEK predileta,  The Big Bang Theory, interpretando ele mesmo em uma cena bem-humorada com o Sheldon. wozniak_the_big_bang_theory Depois de tantos anos apenas lendo e vendo algumas palestras on-line, tenho que admitir que em 2011 tive um grande sonho realizado. Graças a Campus-Party na sua quarta edição, pude encontrar pessoalmente o The WOZ, ele veio pela a primeira vez no Brasil, palestrar no maior evento de tecnologia e vender o livro dele o IWOZ ( o qual tenho autografado e guardado a sete chaves ), a palestra dele foi ótima, ele tem uma leveza e simplicidade, nesse momento ele contou um pouco da sua historia, falou sobre as algumas ideias, foi incrível ver ele pessoalmente. richard_wozniak_cpbr4

Agora, na edição da Campus Party de 2018, CPBR11, ver mais um vez a palestra dele vai ser incrível, tenho grandes expectativas. Aconselho a todos NERDsGEEKs que vejam, não existe nada mais motivacional do que a historia do grande Wozniak.

Nerd: Richard Brochini

Richard Brochini, 31 anos, trabalha há 13 anos com desenvolvimento de projetos para TI. Cientista maluco, dronemaker e gamer :D Para entrar em contato: http://richard.brochini.com/

Share This Post On