Sempre Faço Tudo Errado Quando Estou Feliz transforma todas as suas ansiedades e angústias em tirinhas

Todas as suas angústias, ansiedades e bads dentro de um simpático livro amarelo. É assim que podemos descrever Sempre Faço Tudo Errado Quando Estou Feliz – Tirinhas Sentimentais Para Todos os Tipos de Bad.

façotudoerradoquandoestoufeliz_post2

As páginas amarelas chamam atenção de qualquer um, e foi isso que me fez escolher esse livro. A cor já é praticamente uma marca própria da autora, Raquel Segal, que reuniu tirinha e textos inéditos nesse livro cheio de reflexões tão relacionáveis.

Para quem não sabe, Raquel Segal é criadora da página Aquele Eita no Facebook. Até o momento desta publicação, a página tinha um acumulado de quase milhão de curtidas. Eu nunca tinha ouvido falar do Aquele Eita, e acabei fazendo o caminho inverso da maioria: conheci o livro, depois a página do Facebook.

Como você já deve saber, a obra não trata de uma narrativa linear. As páginas contêm um conjunto de tirinhas e textos reflexivos sobre angústias, ansiedades e dilemas que a grande maioria das pessoas já passou, o que faz com que este livro seja uma ótima opção para “livro de cabeceira”. Daqueles que você não lê de uma vez só e pega de vez em quando para abrir em uma página qualquer e, talvez, extrair algum tipo de conforto ou conhecimento.

façotudoerradoquandoestoufeliz_post2

Os traços da autora passam simplicidade e serenidade em suas tirinhas. Seus textos exclusivos são reflexivos e talvez te façam pensar em como você poderia ter agido de maneira diferente em algumas situações.

Como a obra trata-se, em sua maioria, de tirinhas com desenhos sobre as relações humanas, o fato de você gostar ou não vai depender muito de que tipo de leitor você é. Se curte esses momentos de autorreflexão e um livro de cabeceira diferente, eu super recomendo :)

SEMPRE FAÇO TUDO ERRADO QUANDO ESTOU FELIZ

AUTORA Raquel Segal;

EDITORA Planeta Livros;

ANO 2018

PREÇO 27,90

Nerd: Beatriz Napoli

Devoradora de livros, publicitária apaixonada, tem dois pés esquerdos e furtividade 0 para assaltar a geladeira de madrugada. Se apaixona por personagens fictícios com muita facilidade, mas não tem dinheiro para pagar o psiquiatra que obviamente precisa.

Share This Post On