Jogador Número 1 une gerações! | Crítica do Filme

Fala Khalasar! Beleza?

Jogador Número 1: Prepare-se pra ver um filme com 200 referências por frame!

Já no trailer foi possível pegar muitas dessas referências: Street Fighter, De Volta Para O Futuro, Speed Racer, Thundercats, Akira, Pokemon, O Senhor dos Anéis, Battletoads, Tartarugas Ninja, King Kong, Batman e vários outros personagens do Universo DC, Overwatch, Tomb Raider, Gundam, Brinquedo Assassino, Sexta-feira 13, A Hora do Pesadelo, Gigante de Ferro, Mortal Kombat, Mad Max, Mass Efect, Genius, Pac Man, Christine, Alien, Os Embalos de Sábado à Noite, Uma Noite Alucinante e Digam o Que Quiserem! Isso SÓ NO TRAILER!

Você ainda terá referências à Exterminador do Futuro, Jurassic Park, O Iluminado (e eu espero que você tenha visto o filme sem ter colocado as mãos na frente dos olhos), Space Invaders (e uma porrada de jogos do Atari) e muitas, mas MUITAS músicas clássicas dos anos 80).

Jogador-Número-1-une-gerações-Crítica-do-Filme-01

Spielberg é pouco auto referente, o que deixou o filme mais incrível. Pois poderia se transformar em uma autopromoção desenfreada. O que foi uma decisão sábia dele, pois o livro de Ernest Cline (que deu origem ao filme) se utilizou de muito do que Spielberg e outros diretores e produtores criaram.

É mais uma história de futuro distópico ondes o grande mal da humanidade é a tecnologia, mas não de uma forma ao estilo Matrix, onde as máquinas tomaram consciência e tomaram o mundo. Não foi necessário isso, pois nós mesmos nos rendemos a realidade virtual pra fugir do nosso mundinho.

Spielberg também achou o filme perfeito para juntar a temática infanto-juvenil que usou em E.T, Goonies (onde foi o produtor) com o público adulto (que era infanto-juvenil) quando ele estava envolvido nestes filmes! Ou seja, ele consegue atrair o público JOVEM de HOJE e o público ADULTO e saudosista dos anos 80!

Falar que os efeitos visuais são incríveis é óbvio, mas seria uma deselegância da minha parte não dar os créditos: acredito que foi a MELHOR experiência 3D que tive!

Geralmente não gosto de filmes 3D, mas nesse fica evidente em como foi pensado em cada sensação do espectador. E o melhor, é que isso não é bom somente quando estamos no OASIS junto com os personagens, mas quando estamos nas cenas do mundo real.

A história é boa, mas não é profunda. A mensagem passsada é muito legal, porém acabou sendo um filme muito mais de diversão visual para a geração mais nova e um show de referências para o público mais velho. Isso não tira nenhum pouco a graça de ver o filme várias e várias vezes. Aliás, isso será requisito porque é impossível pegar todas as referências em 1 ou 2 vezes.

Jogador Número 1 é um prato cheio de diversão pra todo mundo, um dos poucos filmes dos últimos tempos que realmente dá a oportunidade de várias gerações da família assistirem juntas e cada uma se divertir por motivos diferentes.

Isto fica feliz em ser útil e a gente se vê por aí… McFly!

Você pode ver a crítica que analisa a adaptação do livro para o filme clicando aqui!

 

Nerd: Carlos AVE César

EXAGERADO! Jogado aos seu pés, eu sou MESMO EXAGERADO! Filho único, egoísta, mimado e mal-humorado. Produtor de Eventos, Engenheiro de QA e butequeiro! Buscando CONHECIMENTO, com cachorro-quente e guaraná. Também sou a personificação da Vingança! Twitter: @ONovoNerd Facebook: http://www.facebook.com/carloscesarcarvalho

Share This Post On