Evangeline Lilly, de Lost para a CCXP

Fala Khalasar, beleza?

Eu não podia perder a piada né? Até porque Lost é uma das minhas séries favoritas e eu devo ser um dos poucos que gostou do fim. Aliás, se você não gostou é porque não entendeu (vlw / flw)!

Mas a Kate Evangeline não vem devido ao seu trabalho como atriz, e sim como escritora! Sim, escritora! Tomou um susto? Pois é, eu também! Não sabia disso até o momento que recebi a nota oficial por e-mail! Mas é claro que a galera toda vai querer saber dela como foi trabalhar em Lost, O Hobbit e no mais recente Homem-Formiga!

Eu pessoalmente quero perguntar: Jack ou Sawyer?

Informações Oficiais

Evangeline Lilly é uma atriz conhecida por seus importantes papéis em Hollywood – como Kate, na premiada série Lost, a elfa Tauriel em O Hobbit e Hope Van Dyne em Homem-Formiga – mas o que muitos não sabem, é que ela também é uma grande escritora. Seu primeiro trabalho publicado, Os Molambolengos, será lançado no Brasil pela Editora Aleph, na CCXP  Comic Con Experience 2015 (www.ccxp.com.br).

evangeline

A atriz estará na Comic Con Experience de 3 a 5 de dezembro (quinta a sábado) em um estande próprio para autografar o livro e interagir com os fãs. Além disso, participará de painéis especiais sobre seu trabalho e sua carreira.

Com um estilo comparado ao de Tim Burton e Neil Gaiman, Lilly conta a história de Selma, uma garotinha mimada e esnobe, que encontra um teatro itinerante povoado pelos exóticos Molambolengos. Os personagens, que dão nome à obra, são marionetes animadas que de forma bem-humorada, e versos divertidos e educativos ensinam lições valorosas à pequena.

O estilo de Lilly é único e encantador. De acordo com a autora, as crianças adoram o sentimento causado pelo desconhecido e pelo macabro. Ela explica que descobriu isso comos próprios filhos. Seu livro pode ser considerado um conto de fadas obscuro, tendo como mensagem principal uma advertência: “O que estou tentando dizer é que em cada um de nós há uma pessoa boa e uma má e temos que fazer a escolha certa sobre nossas ações”, explica a atriz em entrevista para o site Forces of Geek. Apesar de indicado para o público infantil, o romance traz uma lição importante de forma inovadora e peculiar, tanto para as crianças quanto para os adultos.

A obra foi produzida em parceria com Johnny Fraser-Allen, artista da Weta, empresa de efeitos especiais do diretor Peter Jackson. Profissional renomado, Fraser-Allen participou de grandes produções como O Senhor dos Anéis, As Crônicas de Nárnia O Hobbit. Em Os Molambolengos o artista conseguiu criar ao mesmo tempo, ilustrações bonitas e excentricamente assustadoras. Os traços e cores utilizados por ele tornam o livro uma publicação diferenciada e profunda, se comparada a outros livros infantis do gênero.

  • Evangeline Lilly e Johnny Fraser-Allen – ilustrador do livro – se conheceram na Nova Zelândia, em 2010, durante as filmagens de O Hobbit.
  • A princípio, Lilly e Fraser-Allen estavam trabalhando em outro livro escrito por ela, mas depois de conhecer a história de Os Molambolengos, Fraser ficou encantado e já começou a produzir as imagens utilizadas no livro.
  • Os Molambolengos é o primeiro livro de muitos que Lilly pretende lançar. Ela, inclusive já escreveu a segunda obra que dará continuidade à história.
  • A intenção de Lilly é que o livro se torne um filme futuramente.
  • O livro foi escrito quando Lilly tinha apenas 14 anos.

Nerd: Carlos AVE César

EXAGERADO! Jogado aos seu pés, eu sou MESMO EXAGERADO! Filho único, egoísta, mimado e mal-humorado. Produtor de Eventos, Engenheiro de QA e butequeiro! Buscando CONHECIMENTO, com cachorro-quente e guaraná. Também sou a personificação da Vingança! Twitter: @ONovoNerd Facebook: http://www.facebook.com/carloscesarcarvalho

Share This Post On